Posts filed under ‘Música’

Cálix

Conheci esta banda através do Lastfm, quando procurava por bandas semelhantes ao Vlad V, que gosto muito. E realmente, o som deles é na mesma linha do da banda catarinense, rock progressivo com muitas influências de música folk.

O Cálix é uma banda mineira, de Belo Horizonte, já com 10 anos de carreira. Neste período eles lançaram dois álbuns de estúdio, Canções de Beurin, de 2000, e A Roda, de 2002, e um álbum ao vivo, Ventos de Outono, de 2007, além de um DVD, Ao Vivo, também de 2007.

Eu achei demais o som deles, adorei, citando um texto contido no site oficial, é (…)”música que faz sonhar, sentir o som na pele, sentir o som percorrendo o corpo. Poesia (…)”. Espero que eles continuem em atividade ainda por muitos anos, lançando trabalhos tão maravilhosos como os que já lançaram. Pra quem quiser conhecer, deixo o endereço do site oficial, onde pode-se ouvir músicas e assistir vídeos:

www.calix.com.br

Anúncios

19/02/2011 at 10:58 pm Deixe um comentário

Rock ‘n Roll Music

Pra comemorar o Dia Internacional do Rock nada melhor do que um vídeo da melhor banda de todos os tempos, tocando este clássico do estilo =)

13/07/2009 at 8:51 pm Deixe um comentário

Bob Catley

Faz tempo que eu tinha lido sobre esse álbum em uma revista, mas sempre me esquecia de ir atrás pra ouví-lo. Ontem me lembrei e aproveitei pra baixá-lo.

O artista em questão é o vocalista de uma banda inglesa de hard rock dos catley_middleanos 80, chamada Magnum, com um considerável sucesso. Pelo nome do álbum quem está familiarizado com os livros e filmes da série Senhor dos Anéis já sabe do que se trata. São músicas cujas letras são inspiradas nas estórias dos livros. Mas não é um álbum conceitual, ou seja todas as letras contando apenas uma estória, do começo ao fim. Acho que tratam de estórias diversas (apesar de mesmo assim estarem interligadas, como acontece nas obras do Tolkien).

Sobre o som, é um hard rock, com alguns leves toques de progressivo, resultando em algo próximo do AOR. Um som muito bonito e agradável de se ouvir, quem gosta de rock mas não tão pesado, com uma certa acessibilidade, eu recomendo, pois é muito bom.

Até mais.

29/06/2009 at 8:00 pm Deixe um comentário

Natalie e sua trupe

Um dos clipes mais legais que já vi, de uma de minhas bandas favoritas fora do Metal =)

22/04/2009 at 5:24 pm Deixe um comentário

Os dias de pirataria chegam ao fim

obraz231Recentemente li uma notícia que me deixou muito triste: uma de minhas bandas favoritas vai encerrar sua carreira. Trata-se do Running wild, banda alemã de heavy metal, fundada e capitaneada pelo guitarrista e vocalista Rolf Kasparek, também conhecido pela alcunha de Rock n’ Rolf (acima vários momentos dele ao vivo com a banda).

É uma grande perda para o cenário do heavy metal, pois a banda é um sinônimo de qualidade, honestidade e até de regularidade, já que durante sua extensa discografia (13 álbuns de estúdio e 2 ao vivo) jamais lançou um álbum ruim (opinião compartilhada por praticamente todos os fãs). Além da parte musical, um heavy/speed muito habilidoso e bem tocado, a banda inovou na parte lírica, falando de piratas, criando assim um estilo muito original. Estilo este que resultou na obra-prima “Treasure Island”, um épico de mais de 11 mintuos, presente no álbum Pile of Skulls, de 1992.

O líder e dono da banda Rolf disse que chegou à esta decisão por considerar o trabalho com a banda completado, e que crê ser a hora de partir em novos vôos. Apesar como a maioria dos fãs eu não concordar, respeito sua decisão, afinal foram 30 anos de amor e dedicação à música pesada, sentimentos estes que foram retribuídos pela enorme legião de fãs ao redor do mundo, devido às grandes obras realizadas no decorres dessas três décadas.

O último show da banda será no próximo dia 30 de Julho, no festival Wacken Open Air, na Alemanha, e será registrado para depois ser lançado em CD e DVD. Com certeza será um grande espetáculo, de encher de lágrimas os olhos de todos os que assistirem, seja in loco ou não.

A mim só me resta dizer “muito obrigado” ao senhor Kasparek, por todos os momentos de extrema alegria e prazer que ele me proporcionou e ainda proporciona ao ouvir suas canções. E dizer-lhe que seu nome, junto com o do Running wild, está gravado a ferro e fogo na História do heavy metal, por toda a eternidade.

22/04/2009 at 12:45 am Deixe um comentário

O retorno dos Templários do Metal

l_f9ef4b83930f46b89a437f81afecf753Vazou o álbum novo da banda sueca de heavy metal Hammerfall, chamado No Sacrifice, No Victory. Na verdade quase não dá pra chamar de vazamento,  já que a data oficial do lançamento é daqui a dois dias, e por isso ele estar disponível uma semana antes é pouca coisa, nesses tempos de internet.

Esse álbum era esperado com muita ansiedade pelos fãs, já que é o primeiro depois da mudança de dois membros na formação, Magnus Rosén e Stefan Elmgren, baixista e guitarrista, que foram substituídos respectivamente por Fredrik Larsson (que já esteve na banda na época de seu início) e Pontus Norgren. E pode-se dizer que ambos cumpriram bem suas funções, a banda está bem reforçada e pronta pra continuar sua trajetória.

Sobre o álbum em si, eu gostei, apesar de achar não tão bom quanto o anterior. Mas ele tem boas músicas, e é bom tentar algo diferente de vez em quando, desde que não muito, pra não descaracterizar o som da banda e desapontar os fãs.

Então, pra quem quer ouvir um heavy metal direto, com canções baseadas em guitarras, e com refrões “grudentos” e empolgantes, a banda continua sendo uma ótima opção.

Até mais.

18/02/2009 at 8:01 pm Deixe um comentário

Acorrentados ao Metal

crystaleyes_20081121022Havia me esquecido que já tinha saído o álbum novo desta banda, Crystal Eyes (na verdade eu realmente não sabia a data de lançamento, pensei que seria só daqui a uns meses).

O álbum novo se chama Chained, é o sexto álbum deles (sétimo se considerarmos o álbum de coletânea das demo tapes). Já ouvi algumas vezes, e gostei muito. Na verdade eu já imaginava que seria bom, pois tinha ouvido algumas músicas que banda havia disponibilizado em seu perfil no myspace. Eles continuam fazendo aquele power metal inspirado em várias bandas oitentistas de heavy, com muitos riffs e melodias de guitarras, e letras alternando entre temas de fantasia e falando do próprio metal em si, energia, rebeldia, etc.

Muitas pessoas, principalmente as que gostam de estilos mais modernos de metal, consideram bandas como o Crystal Eyes “datadas”, ultrapassadas, repetitivas. Eu não, pra mim eles representam muito bem o heavy metal, como ele deve ser, e felizmente na Europa (que na minha opinião é o verdadeiro celeiro das realmente boas bandas de metal) esse tipo de som é muito valorizado, apreciado e respeitado.

Até mais.

22/12/2008 at 11:38 pm Deixe um comentário

Posts antigos


Agenda

outubro 2017
D S T Q Q S S
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Posts by Month

Posts by Category