Corpos em exposição

16/07/2010 at 8:18 pm 1 comentário

Li este texto em um blog, e gostei muito, concordo plenamente com o que é dito. Por isso estou reproduzindo-o aqui.

Corpos em exposição.

Anotem: daqui a 20 anos, a pedofilia vai ser passado. Sim, isso pode ser dito com base no que se encontra em redes de relacionamento na Internet. Não é meramente um papo moralista. Eu diria que é uma conversa realista. Isso sim!

Digamos que em 1995, as mulheres que faziam questão de mostrarem seus corpos para atrair macho, arrancar elogio de macho e fazer macho babar tinham seus 26, 28 anos. Em 2000, digamos que as mulheres que se mostravam de alguma forma tinham seus 20 anos de idade. Em 2005, já com a total disseminação da Internet, a faixa etária de meninas que se mostravam em fotologs, blogs e qualquer rede de relacionamento beirava os 18. Hoje, 2010, é fácil, enquanto se vaga por perfis de Orkut, por exemplo, encontrar meninas de 15, 16 anos mostrando tudo: são fotos com saias curtíssimas, são fotos em que as meninotas posam de biquíni, lingerie, fazendo caras e bocas sensuais, mostrando suas linguinhas e seus bundões, etc.

Então, escrevam: daqui uns 10 anos, vai ser normal encontrarmos, na Internet, meninas comuns – não estamos falando em atrizes pornôs, prostitutas, etc – com seus 8 ou 9 anos de idade se mostrando. Aí, com essa banalização, lá por 2020, a pedofilia vai ser história do passado. Sim, porque, lamentavelmente, crianças e adolescentes de até 13 e 14 anos já se expõe sem censura na Internet, então imagina no futuro, se considerarmos banalização da exposição do corpo! Que pedófilo vai poder ser culpado se tudo está acessível a todos?

Nós, mulheres, reclamamos que os homens não nos respeitam, não nos consideram. O problema é que muitas de nós, a maioria, eu diria, joga nosso sexo na sarjeta, quando se expõe, quando liberam tudo pra qualquer desconhecido somente porque têm problemas de auto-estima, e precisam, assim, de elogios para inflarem seus egos!

A desvalorização do sexo feminino, amigas, é culpa unicamente nossa. Sim, somos nós, mulheres, que fazemos tudo ser fácil, acessível, vulgar Quem, então, vai valorizar algo que é de todos? Quem vai valorizar uma mulher cujo corpo, as curvas, os seios e as calcinhas estão jogadas em sites de relacionamento, pra que qualquer um veja, babe, fantasie e usufrua à vontade, ainda que em pensamento?

Texto de autoria de Angela C. Antunes, publicado originalmente no blog Spross Magazine. (www.sprossmagazine.blogspot.com)

Anúncios

Entry filed under: Variados.

Kurosawa O Maior Amante do Mundo

1 Comentário Add your own

  • 1. Nana ♠  |  18/07/2010 às 2:53 am

    O texto diz tudo, e eu concordo plenamente com o que está escrito.
    Situação lamentável… :/

    Bom domingo pra vc, Dan!
    Beijos, até mais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Agenda

julho 2010
D S T Q Q S S
« mar   set »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Most Recent Posts


%d blogueiros gostam disto: